Chevrolet Tracker 2017
Diminuir fonte Aumentar fonte
Da Redação
Motor1
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker
Chevrolet Tracker

Depois de alguns anos no mercado brasileiro sem chegar de fato a incomodar a concorrência, a Chevrolet resolveu "sacudir" seu pequeno SUV Tracker para voltar ao jogo.

Deu certo.

Aproveitando o Salão do Automóvel de São Paulo, em Novembro, a Chevrolet praticamente relançou o Tracker no mercado nacional. De mero coadjuvante, o Tracker foi uma das estrelas da marca americana na exposição e havia motivos de sobra para isso.

Embora n√£o se trate de uma nova gera√ß√£o, as mudan√ßas feitas do Tracker foram profundas. Mantendo a mesma base estrutural, as mesmas dimens√Ķes externas e, quase sem mexer na lataria, a Chevrolet conseguiu mudar seu menor SUV e dar a ele o status que o modelo nunca teve.

A dianteira √© toda nova: far√≥is afilados, com luz diurna em led, nova grade de ventila√ß√£o, em linha com os demais modelos da marca, novos parachoques, tudo compondo um visual bem mais moderno e harm√īnico.

Na lateral, apenas novas rodas e na traseira, novas lanternas, também com elementos em led e novos parachoques.

Mas as novidades mesmo, est√£o no conjunto mec√Ęnico e no interior.

O novo Tracker vem agora com o moderno motor 1.5 turbo com inje√ß√£o direta e 153cv que equipa o Cruze, acoplado ao mesmo c√Ęmbio autom√°tico de 6 marchas que equipa o sed√£. Com isso, a experi√™ncia de dirigir o Tracker 2017 em nada lembra o modelo anterior, equipado com o Ecotec 1.8. Melhor consumo, melhores acelera√ß√Ķes, retomadas de velocidade muito mais r√°pidas...outro carro.

No interior, o painel tamb√©m √© totalmente novo, bem mais ergon√īmico e bonito e ¬†sem a apar√™ncia econ√īmica do anterior. Os bancos e o acabamento tamb√©m s√£o novos, com couro de s√©rie na vers√£o LTZ, a mais completa.

Fazem parte do pacote mec√Ęnico do novo Tracker o controle eletr√īnico de estabilidade e tra√ß√£o, dire√ß√£o el√©trica bem calibrada e suspens√Ķes independentes bem ajustadas, para garantir bom equil√≠brio entre conforto e estabilidade.

Para fechar o pacote com cheve de ouro, a Chevrolet manteve os pre√ßos do novo Tracker nos mesmos patamares dos modelos anteriores: 80 mil para a vers√£o LT e 90 mil para a mais completa, LTZ. Valores competitivos, ao se condiderar que as vers√Ķes mais completas de HR-V, Renegade e Creta, passam f√°cil dos 100 mil, sem oferecer grandes diferen√ßas em rela√ß√£o aos equipamentos.

O Tracker est√° de volta ao jogo, e "batendo um bol√£o".

Paulo Bergamini - Motor1